Clique para voltar a Página Inicial  
 
Usuário: Senha:
  Dom Pedrito, sábado, 19 de agosto de 2017 ->
Site em Português English Site Sitio en Español
 
História do Arroz 

Tão antiga é a história do arroz que os próprios especialistas são incapazes de determinar com precisão a data e o local onde surgiu .
Diversos historiadores e cientistas apontam o sudeste da Ásia como o local de origem do arroz. As mais antigas referências ao arroz são encontradas na literatura chinesa, há cerca de 5.000 anos.O uso do arroz é muito antigo na Índia, sendo citado em todas as escrituras hindus. Variedades especiais, usadas como oferendas em cerimônias religiosas, já eram conhecidas em épocas remotas.

Foi a partir da Índia que essa cultura, provavelmente, estendeu-se à China e à Pérsia, difundindo-se, mais tarde, para o sul e o leste, passando pelo Arquipélago Malaio; e alcançando a Indonésia. A cultura do arroz , igualmente muito antiga nas Filipinas e no Japão, foi introduzida pelos chineses cerca de 100 anos a.C.

Coube aos árabes difundir a cultura pelo mundo.Durante a conquista do império Persa, o arroz foi levado por Alexandre "O Grande" aos povos do Mediterrâneo. Na Grécia e em Roma, foi usado para fins medicinais e cosméticos. Naqueles tempos, o arroz, como todas as espécies e produtos trazidos do oriente, era vendido a preços altíssimos, situando-se como um cereal praticamente de luxo.
Até a sua introdução pelos árabes no Delta do Nilo, o arroz não era conhecido nos países Mediterrâneos. Os sarracenos levaram-no à Espanha e os espanhóis, por sua vez, à Itália. Os turcos introduziram o arroz no sudeste da Europa, onde começou a ser cultivado nos séculos VII e VIII, com a entrada dos árabes na Península Ibérica. Os portugueses foram, provavelmente, os que introduziram esse cereal na África Ocidental, e os espanhóis, os responsáveis pela sua disseminação nas Américas, onde foi cultivado com grande êxito em diversos países .

Foi o mundo Mediterrâneo, especialmente Espanha e Itália que se encarregou de introduzir e difundir o uso do arroz na dieta.      
Nas primeiras décadas o arroz era usado como ingrediente das sobremesas dos aristocratas, enquanto os asiáticos o serviam como refeição principal, salgado.

Foi o árabe," Moslen, o Conquistador" quem plantou arroz irrigado como cultivo intensivo pela primeira vez. O legado fundamental dos árabes perdura hoje em dia em muitas de suas técnicas de irrigação que sobreviveram.
Atualmente, o arroz encontra-se disseminado no mundo todo, sendo cultivado em todos os continentes,exceto Antártida, em cerca de 120 países, constitui o alimento básico de 50% da população mundial e é o segundo cereal mais cultivado e consumido em todo o mundo.
Desde o colorido sushi até variadas sobremesas e bebidas, o milenário , multiétnico e globalizado arroz sempre encontra um lugar na maior parte dos cardápios do universo gastronômico

 
História do Arroz no Brasil

Aguns autores apontam o Brasil como o primeiro país a cultivar esse cereal no continente americano. O arroz era o milho d'água, que os tupis, muito antes da chegada dos portugueses, já colhiam nos alagados sem sequer sair do barco.
O arroz da espécie Oriza Sativa, foi trazido pelos colonizadores portugueses. Em 1587, lavouras arrozeiras já existiam na Bahia , por volta de 1745 no Maranhão, em 1750 em Pernambuco e em 1772 no Pará.
O arroz era descascado com pilão, ficando com uma cor avermelhada, sendo por isso chamado "arroz da terra".
Em 1766, a Coroa Portuguesa autorizou a instalação da primeira beneficiadora de arroz no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro.
A prática da orizicultura de forma organizada e racional começou em meados do sec. XVIII e, daquela época até metade do sec. XIX o Brasil foi um grande exportador de arroz.

 
História do Arroz no Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, segundo Almeida Pereira (2002), há notícias de que o chamado arroz do sequeiro, isto é, o arroz cultivado em áreas naturalmente alagadas pelas chuvas e de solos que retêm umidade, foi cultivado pelos imigrantes alemães nas colônias, logo após sua chegada, em 1824. Como parte do processo de adaptação culinária desses e de outros imigrantes, o domínio sobre a tecnologia da energia hidráulica, trazido inicialmente pelos imigrantes da região das montanhas do Taunus, levou a uma proliferação de moinhos coloniais que, ao lado do milho e da mandioca, beneficiavam o arroz.  Este modo de produção caiu em desuso ,dando lugar a lavoura de arroz irrigado que tem se destacado pela modernização ,tecnologia e alta produtividade. Atualmente,o estado do Rio Grande do Sul é o maior produtor de arroz do Brasil , responsável por mais de 50% da produção do arroz brasileiro, gerando um produto diferenciado e de altíssima qualidade.